Panela com Revestimento Cerâmico é Saudável?

A procura por panelas com revestimento cerâmico aumentou cerca de 37%, segundo dados do Inmetro, agência reguladora que aponta características técnicas desses utensílios domésticos.

Sabe o que isso significa? Que você está na lista de pessoas que quiseram mudar o jeito de cozinhar, partindo do princípio de que a cerâmica é muito mais saudável do que o Teflon ou o alumínio.

Se você aprofundar um pouco mais sua pesquisa, vai encontrar diversas informações sobre as dúvidas de que o revestimento cerâmico é mesmo saudável.

Então surgem as dúvidas: “Será mesmo que vou ter problemas com as minhas panelas de cerâmica?” Ou “Será que eu devo comprar panelas desse tipo?”

Para te ajudar com essas dúvidas e com todas as outras que poderão surgir, preparamos algumas questões com respostas sobre tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Tire suas dúvidas e descubra se realmente uma panela com revestimento cerâmico é saudável ou não.

Afinal, qual é a origem da cerâmica?

Para compreender muito bem o que uma panela com revestimento de cerâmica pode fazer com a sua saúde, vamos voltar rapidamente no tempo. Prometo que é muito rápido.

A cerâmica é uma das matérias-primas mais antigas do mundo utilizada pelo homem. Isso significa que poucas coisas deram tão certo em tanto tempo.

Os primeiros sinais de cerâmica surgiram na Checoslováquia e no Japão, mas já foram achados vestígios na Amazônia. Ela estava lá há 22 000 anos!

Hoje, a cerâmica é usada na construção, cabeamento e até mesmo na gastronomia, como você deve saber, em utensílios domésticos.

Mais do que antiga, a cerâmica é nada mais que argila queimada, ou cozida, em alguns casos.

Assim, você foi dos tempos do homem das cavernas até o século XXI em poucos segundos, sabendo que a cerâmica é tão antiga quanto importante na vida das pessoas – e 100% natural.

Como as panelas com aplicação de cerâmica são feitas?

Agora que você já sabe a origem desse elemento que torna a vida de milhões de pessoas mais fácil por conta de sua praticidade, chegou o momento de saber como elas são feitas.

As panelas com aplicação de cerâmica são construídas à base de algum metal, como o aço ou alumínio, sendo este último o mais comum. Isso dá leveza ao utensílio, o que permite seu manuseio com muito mais facilidade.

Quando a aplicação é feita na parte interna, o seu objetivo não é somente incluir a cerâmica como facilitadora para a lavagem dessas panelas, mas sim de cozinhar muito melhor.

Isso porque a cerâmica é um condutor natural, fazendo o calor ser transmitido por ondas longas, atingindo toda a superfície de forma igual. Isso cozinha o alimento de maneira uniforme, o que é uma grande vantagem.

Contudo, em alguns casos a cerâmica também é aplicada na parte de fora, permitindo que a qualidade do cozimento seja ainda melhor, além da resistência ao calor.

Mas esses casos não querem dizer que a panela pode ser colocada em qualquer calor, porque o metal entre uma aplicação e outra de cerâmica não aguenta, e nem a própria aplicação, já que ela é bastante fina.

Aliás, se você adquirir uma dessas panelas de camadas duplas ou uma inteiramente feita de cerâmica, saiba que ela é resistente ao calor, mas não ao baque: batidas fortes ou quedas podem rachá-la.

refeição feita em panela de cerâmica

Por que existem dúvidas sobre o lado saudável da cerâmica?

Muitos questionamentos sobre a aplicação de cerâmica em panelas de metal são feitos com toda a razão. Outros tantos porque o Teflon deixou a má fama para os outros elementos.

Como o Teflon é uma forma bastante utilizada para proporcionar praticidade em panelas de todos os tipos, formatos e tamanhos, além de ser muito fácil de higienizar, por muito tempo ele passou incólume.

Mas o Teflon mal cuidado libera toxinas no alimento, que podem causar envenenamento leve e, com o passar do tempo, desenvolver doenças, como câncer de mama, cólon e próstata.

Por outro lado, apesar de ser a má fama de um elemento que trouxe dúvidas sobre o segundo, após alguns anos foram descobertas informações de que o revestimento cerâmico não é saudável.

Da mesma forma que o Teflon pode causar envenenamento leve, o revestimento em cerâmica se desgasta após meses de mau uso, que é a higienização errada ou uso de utensílios de metal.

Assim, ele libera elementos como o cádmio e o chumbo na comida, além dos componentes do próprio alumínio, que está por baixo da camada de cerâmica, e pode estar associado ao Mal de Alzheimer e à Esclerose Lateral Amiotrófica.

Outra forma de prejudicar a saúde com esse tipo de componentes liberados é através do vapor, que pode atingir as vias respiratórias de quem estiver por perto.

Parece complicado? E é. Mas lembre-se: é somente por conta do mau uso dessas panelas.

As panelas com revestimento cerâmico são saudáveis?

Como a cerâmica é um componente natural e aguenta o calor de forma muito mais resistente do que o alumínio ou qualquer aplicação, uma panela feita inteiramente desse material é 100% segura e saudável.

Panelas de cerâmica são tão boas assim porque ela foi manipulada pelo homem para chegar no formato, e não inclui outros metais, o que é ótimo, porque além de saudável ela pode ir ao micro-ondas.

Para ela ser considerada assim, porém, é preciso analisar o selo do Inmetro contido nela ou em sua embalagem. Isso também é garantia de que ela é ecológica, já que não utilizou nenhum outro elemento que polua, como o Teflon.

Quais são os benefícios das panelas de revestimento cerâmico?

O revestimento cerâmico nas panelas pode ser mais saudável do que o Teflon, como você pode concluir até aqui, o que também é um de seus benefícios.

Mas ele ganha pontos porque, ao contrário do Teflon, não depende de componentes químicos que não se reciclam e que não poluam o meio ambiente.

Ao contrário: se a panela for feita de alumínio e cerâmica, ambos são recicláveis, leves e excelentes para o dia a dia na cozinha.

Outro benefício é o preço: essas panelas são muito mais em conta do que as feitas inteiramente de cerâmica.

Procuramos reunir todas as informações possíveis para você decidir se uma panela com revestimento cerâmico é saudável ou não. Agora que você sabe os malefícios, perigos e características das panelas com revestimento cerâmico, cabe a você decidir como se posicionar diante delas e de tudo o que elas têm de bom ou não.

Veja também: